Clareamento2018-02-10T13:14:17+00:00

Clareamento

 

Como os dentes clareiam ?

As substâncias usadas para clarear os dentes são à base de peróxido de hidrogênio (água oxigenada ) em consistência de gel e carbamida. A formulação do gel clareador combina a alta viscosidade do gel do carbopol com o efeito clareador do peróxido. Ocorre a liberação de O2 (oxigênio nascente que penetra pelo esmalte até a dentina eliminando óxidos. A ação do gel depende de alguns fatores tais como o tempo de armazenamento do produto, o tempo de uso, a concentração enfim da técnica de clareamento. Os produtos clareadores são fotosensíveis podendo então ser estimulados por luz ( LASERs, LEDs, Halógenas, etc) e também são termosensíveis, estimulados por calor

 

Clareamento estraga os dentes?

O pH do gel é cuidadosamente controlado para que permaneça neutro e não provoque descalcificação do esmalte ou da dentina. Porém o uso indiscriminado sem supervisão profissional pode sim prejudicar as estruturas. Algumas pessoas podem ter sensibilidade ao produto e apresentar irritação à gengiva. Neste caso o profissional deve eleger a técnica de clareamento em consultório.

 

A ingestão do produto clareador pode fazer mal à saúde?

Sim, a ingestão excessiva do produto em curto espaço de tempo, pode prejudicar a saúde. Daí a importância do tratamento ser supervisionado por profissional competente.

 

Os dentes escurecem com o tempo?

Sim, com o tempo ocorre um escurecimento natural dos dentes. Aos 30 anos nossos dentes são menos claros do que quando tínhamos 20 anos, independentemente da ingestão de alimentos corantes, razão pela qual também podemos repetir o tratamento sempre necessário.

 

O clareamento causa sensibilidade?

È comum haver uma ligeira sensibilidade durante o tratamento. Quando esta for exagerada, o paciente deve procurar o dentista que vai então alterar a técnica aplicada e proceder a reversão desta sensibilidade com conduta adequada.